Quero transformar minha paixão em negócio, e agora?

por Karine Drumond

Nós largamos o trabalho convencional para buscar fazer o que realmente amamos. Quando criamos a Negócio de Mulher, fomos em busca de novos modelos de trabalho, empreendemos. Também nos perdemos e nos re-encontramos diversas vezes nestas buscas. Como tudo que é novo, nossa ideia de empreendimento, não nasceu com uma receita de bolo, tivemos de construir nossa receita, ainda estamos criando. Nos redefinimos e reavaliamos a todo momento.

Isto é o que acontece quando você decide começar algo novo, sair da sua zona de conforto e ir em busca de um sonho, de trabalhar de uma forma nova, buscando sua realização. E já te digo. Não será fácil, mas será transformador – e é justamente isto que faz valer a pena. De uma coisa a gente tem certeza: não há caminho certo, há somente o caminho. É neste caminho que você precisa se jogar. Abrir a sua cabeça e coração e aprender com o processo e o mais imprescindível: divertir-se!

Sabemos que não estamos sozinhas, nesta busca, há muita gente fazendo e querendo fazer o mesmo. Largando o osso das 9h às 18h pra fazer o que realmente gostam. Trabalhar com sua paixão, transformar sua paixão em negócio, empreender.

Mas a verdade é que surgem muitas dúvidas. Como começar? Por onde começar? Minha ideia/paixão é viável? Como me manter no início? Quanto preciso para começar? O que eu preciso estudar/conhecer pra diminuir os riscos? É por isto que resolvemos montar uma oficina dedica em ajudar mulheres neste caminho empreendedor. Escrevemos este post como um mini roteiro para judar a começar. Não é nem de longe um manual ou guia, são apenas ideias e passos que descobrimos ser importante e também uma compilação de alguns sites e recursos que podem te ajudar a trilhar este caminho também.

Agarre o conhecimento e boa sorte na sua jornada! ;)

Qual é a minha paixão?

Parece simples. Você tem uma paixão ou hobby e deseja transformá-la em negócio, viver disso, ser sua(seu) própria(o) chefe. Mas e quando a gente nem tem certeza ou desconhece nossa paixão? Mais comum do que parece, muitas vezes não a conhecemos. Fomos criados e treinados, muitas vezes para fazer o que “estudamos fazer”, ou o que os pais acham que devemos fazer, ou até mesmo o que a gente supõem que devessemos fazer. Você não é o curso que você fez. Na lida do dia a dia muitas vezes precisamos sublimar as atividades que nos dão prazer em função de outras que teoricamente trazem mais resultados. Mas então, como descobrir sua verdadeira paixão? 

Esta dica abaixo, encontramos no site Saia do Lugar e pode ajudá-la a refletir a respeito e encontrar o que você ama:

5 perguntas pra ajudar a descobrir:

1. Se pergunte – Se eu só pudesse fazer uma coisa pro resto da minha vida, o que seria?
2. Faça uma mistura – Se você pudesse combinar todos seus talentos em alguma coisa extremamente única, o que seria?
3. Leitura – Qual sua revista favorita ou o seu programa de TV favorito? Normalmente sua paixão é encontrada nas suas atividades de lazer.
4. Por favor, cale a boca! – Qual o assunto que você não consegue parar de falar sobre? Esse assunto é a sua paixão.
5. Quem você admira? – Veja as pessoas que você mais admira. Para elas alcançarem o sucesso, que fator as levou até lá? Esse fator é a sua paixão.

Como começar? Preciso largar tudo?

Comece aos poucos

A gente não largou tudo de repente. Foi um processo. No início tinhamos outros trabalhos, outros projetos, outras fontes de renda. Acreditamos que o melhor caminho seja começar as suas pesquisas e testes enquanto você tem uma fonte de renda principal. Assim você pode trabalhar no seu sonho nas horas vagas, pesquisando muito, testando seu modelo e ir aos poucos amadurecendo. Até chegar ao ponto de poder aumentar o tempo de dedicação e focar 100% nele. Se você quiser começar já com tempo integral de dedicação a sua nova ideia, o recomendável é que você tenha uma fonte de renda próprio que te sustente ao menos pelos próximos 6 meses. Claro que isso vai depender da quantidade de investimento necessário para colocar sua ideia para funcionar.

Pesquise muito e monte seu plano

Você já tem uma ideia de negócio e já sabe com o que quer trabalhar. Ok, mas ainda é preciso validar se sua ideia é viável e se ela tem potencial de virar negócio lucrativo, rentável. De uma ideia criativa a um negócio, há aí um caminho a se percorrer. A melhor maneira de descobrir é pesquisando e testando sua ideia no mercado. Se sua ideia é trabalhar ou montar um negócio não digital, você precisará criar um plano de negócio – cuja principal função é ajudar na validação da ideia. Existem muitos livros e material a respeito, inclusive o manual gratuito do SEBRAE: Como Montar um Plano de Negócio. Mas gostaria de indicar o livro O Segredo de Luísa, do Fernando Dolabela – mineiro e grande entusiasta do empreendedorismo no Brasil. O livro nos serviu de inspiração e traz informações muito valiosas e principalmente: fáceis de aplicar no dia a dia.

livro para montar um plano de negocio

 

Livro sobre empreendedorismo: O Segredo de Luísa

 

 

Se sua ideia é inovadora, digital ou ligada a internet (por exemplo: um aplicativo de internet), recomendamos que você intercale pesquisa com pequenos testes. Na internet, por exemplo, é muito mais fácil desenvolver um protótipo e testar a sua ideia, observar se as pessoas irão gostar do conteúdo ou do que você está propondo. O importante, neste caso, é lançar o mais rápido, veja o que deu certo e o que deu errado e evolua a ideia. Se sua ideia é ganhar dinheiro criando um site de conteúdo, por exemplo, um bom site para você estudar é o Escola Dinheiro, com várias dicas sobre monetização e como criar um site ou blog.

Já se você pensa em montar um negócio ligado a tecnologia, a recomendação é o livro A Startup Enxuta – Como Os Empreendedores Atuais Utilizam a Inovação. Um guia de fácil leitura, que nos ajudou muito a colocar as ideias em prática, diminuindo os riscos do início.

Para os que pretendem “freelar”, prestar serviços como autônomo, recomendo a leitura do Escola Freela e Carreira Solo.

Aprenda a aumentar o resultado do seu negócio

Neste tópico, poderiamos ficar horas e horas escrevendo sobre o assunto, mas como a ideia é fornecer recursos para que você mesmo possa buscar seu desenvolvimento, indicamos alguns links que podem ajudar na divulgação do seu negócio, uma vez que você tenha dado o primeiro passo e ele esteja funcionando, focando principalmente no marketing digital que é boa parte da nossa estratégia:

Os 8 Ps do Marketing Digital – Guia Estratégico de Marketing Digital. Este livro é bem grande e bastante completo com detalhes de como montar uma estratégia de marketing na internet, usando redes sociais e ajudando seu negócio a ser encontrado no Google. Ensina também passo a passo como divulgar seu negócio em outros sites, no Google e nas redes socias. 

Blog: Resultados Digitais . Tem diversas dicas para quem está começando, desde dicas de como montar um email marketing até como identificar o seu público na internet.

Site Saia do Lugar. É uma rede social para empreendedores e também tem um blog bem completo com muitas dicas práticas para quem quer ir atras de um sonho. Não passa uma semana, sem que a gente dê uma espiadinha nas dicas. Experimente começar lendo a coluna “Como começar a empresa“.

Inspire-se!

Há muito o que falar sobre o tema que é inesgotável, mas o mais importante é você se manter motivado. E não há melhor forma de fazer isto do que conhecer a história de outras pessoas que estão fazendo o mesmo, não é mesmo? O projeto continuecurioso é uma websérie que documenta a vida de pessoas que largaram o osso das 9h às 18h pra fazer o que realmente gostam. A ideia é cutucar e questionar o modelo de trabalho atual.

Assista o primeiro episódio:

marilia pedroso cc from continue curioso on Vimeo.

E você, também está neste caminho? Como você começou?

Quer aprender mais?

Participe da nossa oficina feminina de Negócio Criativos, que acontecerá dia 10 de Agosto em BH. Especialmente criada para ajudar mulheres criativas a transformar ideias e habilidades em negócios. Inscritas em nossa newsletter ganham 8% de desconto na inscrição.Veja a programação aqui.

 

RECEBA NOSSO MATERIAL GRATUITO POR EMAIL

* campos obrigatórios
“despertar"
About The Author

Karine Drumond

Karine Drumond é co-fundadora da Negócio de Mulher. Atua ajudando outras empreendedoras a transformarem ideias criativas e habilidades em negócios diferenciados. Também acredita no empreendedorismo como ferramenta de transformação. Trabalha com Design e Negócios Digitais desde 2006 e compartilha seu conhecimento e ideias neste site.

  • Luciana Caram

    Amei o texto! Me enxerguei!

    • Anônimo

      Que joia Lu, com certeza você é um excelente exemplo de tudo o que escrevemos aí!

      Sucessos para você.

  • Adorei a matéria, super animadora e bem pé no chão. Eu já tinha visto o video do Continue Curioso e foi algo que realmente mexeu comigo. Acho que está mais que na hora de repensarmos os padrões e modelos de trabalho que temos nos dias de hoje. Sem dúvida que sempre existirão pessoas felizes e realizadas presas no mundo corporativo, mas aos que não são felizes dentro desse modelo é bom saber que existe um outro caminho e que pode dar certo. Parabéns pelo blog, pelas idéias e por compartilharem sua experiência. Modelos de sucesso são sempre inspiradores. Forte Abraço Luciana

    • Anônimo

      É isso mesmo Luciana!

      A ideia é mostrar que existem caminhos alternativos! No Brasil ainda crescemos e nos formamos achando que o único caminho é procurar um emprego formal e ainda bem que as coisas estão mudando :)

      Bem vinda por aqui!

  • Amei, o post.Trouxe muitas respostas, obrigada por compartilharem conosco essas preciosas informações.

    • Anônimo

      Obrigada pela visita Juliana! Espero que ajude no seu caminho também.

  • julius

    Ainda estou no projeto de criar o Negócio de homem, Karine, o que acha? :) Acredito que o que você disse, e o modo, podem em muito inspirar outras pessoas a se movimentarem. A se colocarem na direção do propósito que cada um tem, acredito que é preciso buscar o confronto da luz. Algo que aprendi ao ler, lá traz, o Mito da Caverna de Platão, para além de filosofia ele fala sobre empreender.

    • Anônimo

      Julius, como sempre falou bonito e disse a verdade :)

      é verdade o Mito da Caverna estava em minha mente ao escrever o texto. E pra mim esta busca tem tudo a ver com empreender, com certeza.

      Forte abraço ao Negócio de Homens! rs

      • Anônimo

        Também me lembrei do mito do herói (ou da heroina :)

  • julius

    lá trás, já que é um advérbio!

    • Diogo

      Lá atrás, advérbio

  • Oi Karine, tudo bem?

    Muito obrigado por indicar o Saia do Lugar!

    Legal demais saber que o conteúdo tem sido útil.

    Grande abraço!

  • Tássia

    Adorei esse post! Parabéns meninas!

  • Evy

    Gente, quando me perguntarem de novo onde eu tomo injeção de ânimo eu vou dizer que encontrei mais um endereço. Obrigada pelas contribuições diárias. beijos a todas.

  • Pingback: O que os clientes querem? 5 Formas para descobrir ‹ Negócio de Mulher | Empreendedorismo Criativo Feminino()

  • Nircia

    Adorei!
    Sucesso meninas.

  • Pingback: Plano de Negócio não precisa ser um bicho de sete cabeças! ‹Negócio de Mulher | Empreendedorismo Criativo Feminino()

  • Pingback: Mude a perspectiva: "O que eu quero vender" para o "O que o meu cliente compraria" ‹Negócio de Mulher | Empreendedorismo Criativo Feminino()

  • Pingback: 12 Lições que eu gostaria de ter aprendido antes de começar qualquer negócio ‹Negócio de Mulher | Empreendedorismo Criativo Feminino()

  • Angélica

    Olá ! Eu alugo box dentro de um mini shopping em São Paulo. O aluguel é baixo é não precisa de fiador, ideal para quer deseja abrir seu próprio negócio e sair da informalidade! Interessadas favor enviar email para leglamour@live.com.

  • Como habrás notado, me he quedado leyendo hasta el último de los artículos
    que escribiste. Espero que esto te sirva como motivación de que
    estás haciendo un trabajo muy bueno. A nivel
    personal, soy amante de los buenos textos y me gusta proseguir a las personas que poseen las habilidades de transmitir experiencias por medio de las palabras.
    Por esta razón te dejo este comentario y para cerrar
    quisiera decirte que me ha encantado poder llegar a tu lugar.
    En hora buena!

    generalmente no dejo comentarios porque me da pereza
    registrarme y todo eso, pero esta vez vi
    algo que me ha hecho pensar un mensaje para darte las gracias por tu trabajo.

    puede que este comentario no de mucho a los otros lectores pero espero que aporte un apoyo para que la web continue creciendo mes tras mes hasta que sea la numero
    uno de internet

  • Pingback: Teste sua autoconfiança: você confia em você mesma? 3 Formas de finalmente começar a confiar em você. -()