12 Lições que eu gostaria de ter aprendido antes de começar qualquer negócio

 

por Karine Drumond

Vou te contar uma história. Ano de 2008. Eu ainda concluía minha primeira pós-graduação quando fui convidada para ser sócia, junto com mais dois outros colegas, de uma empresa de consultoria em Design de Interação – que foi praticamente “herdada” do coordenador da pós, pois já existia um nome, uma marca, uma história. Uma oportunidade incrível. Começava assim a minha “aventura” empreendedora. Hoje eu sei que empreender, não precisa ser assim necessariamente uma aventura. Sim, há riscos e incertezas mas é possível em algum grau, prevê-las, avaliá-las e lidar com elas. Mas naquela época foi sim, confesso. Sobrava entusiasmo, faltava a experiência. Três anos e meio se passaram a frente desta primeira empresa, entre vitórias e tropeços, aprendi muita coisa. Foi um período de laboratório muito divertido e importante na minha vida.

Levando comigo o aprendizado e novas motivações, fundei junto com Priscila Valentino e Marcela Abreu, a Negócio de Mulher – empresa em que me vi envolvida desde o momento de criação e por isso mesmo há um sentimento de maternidade ainda muito maior. Desde então me dedico a estudar negócios, gestão, criatividade e inovação para incorporar na empresa e ajudar outras empreendedoras como a gente.

Eu não me arrependo jamais dos passos que dei desde o momento que resolvi seguir uma carreira solo, este é um processo transformador. Acredito nisto de verdade. Mas há algumas lições que eu gostaria de ter aprendido antes de ter começado qualquer negócio. Espero que seja importante para você também:

1. Comece pequeno, comece de casa

Não largue seu emprego até que tenha provado o seu negócio ou se não tiver uma poupança. Teste seu negócio antes. Antes de investir muito encontre uma forma de validar sua ideia, seu produto.

2. Promova eventos para testes e lançamentos

Faça parceria com algum espaço. Convide pessoas da mídia tradicional e online. A gente tende a foca no produto e no serviço, mas jamais esqueça do lançamento. Planeje de acordo.

3. Procure fidelizar e surpreender o cliente

Manter um cliente é muito mais barato do que investir em captar novos. O que você pode fazer para vender mais ou ajudar ainda mais os seus clientes atuais? Faça mais com menos. Veja algumas dicas de pós vendas aqui.

4. Aproveita ao máximo as mídias sociais

Encontre as melhores para seu negócio e foque-se nelas. Não adianta estar em todas mas não conseguir um engajamento sincero e interessado do seu público. De novo: faça mais com menos.

5. Faça um controle rigoroso das receitas e despesas

Mantenha um fluxo de caixa atualizado. Assim você sabe para onde seu negócio está indo, e se há dinheiro suficiente para reinvestir no negócio, publicidade, compra de materiais, por exemplo. Há várias ferramentas online como o Buxfer.

6. Economize em tudo

Pesquise e compare preços, sempre. Gaste com o que for realmente essencial, especialmente no início.

7. Certifique-se que o cliente pagará antes de você enviar o produto

Receita antes da despesa, sempre.

8. Acerte no preço do produto

Calcule o custo para produzir cada produto. Adicione o valor da sua hora. Adicione o lucro (ex. multiple por 2,5). Agora analise a concorrência e faça suas avaliações e ajustes. Com o tempo, prática, experiência e maior qualidade, reavalie o seus preços.

9. Cuidado com desperdício

Vale mesmo a pena comprar esta quantidade e manter no estoque, por causa do desconto? Você irá realmente usar o material depois? Faça gastos apenas quando for necessário.

10. Contrate um contador para te ajudar com os impostos e formalização da empresa

Um enquadramento e tributação errada pode ser o início do fim.

11. Cuidado com as comissões de revenda

Veja se o valor para revenda está matando sua margem de lucro

12. Descubra quais são seus produtos ou serviços mais lucrativos e foque neles

Nós criativos temos a cada dia uma nova “ideia genial”. A última ideia é sempre a melhor, certo? Cuidado com a falta de foco, tendemos a achar que o projeto mais recente é o mais brilhante. Crie metas, vá até o fim antes de desistir. Quais são os 20% dos seus produtos e serviços que representam 80% dos resultados? Foque neles.

Você também tem suas lições próprias? Dicas que você aprendeu no caminho e que são imprescindíveis pra quem está começando? Conta pra gente nos comentários! Queremos saber :)

Quer aprender mais?

Conheça nosso curso online Empreenda Sua Paixão – o curso online para mulheres de mentes inquietas. No curso temos dois módulos dedicados ao autoconhecimento e teremos oportunidade de te ajudar a resgatar e se reconectar com seus valores, com seus pontos fortes, paixões e sonhos mais verdadeiros. E a partir daí criar um plano de ação para colocar tudo isso em prática.

RECEBA NOSSO MATERIAL GRATUITO POR EMAIL

* campos obrigatórios
“despertar"
About The Author

Karine Drumond

Karine Drumond é co-fundadora da Negócio de Mulher. Atua ajudando outras empreendedoras a transformarem ideias criativas e habilidades em negócios diferenciados. Também acredita no empreendedorismo como ferramenta de transformação. Trabalha com Design e Negócios Digitais desde 2006 e compartilha seu conhecimento e ideias neste site.