Mas quem sou eu? Como descobrir minhas paixões e habilidades?

por Karine Drumond

Desde que comecei um processo de empreender, lá nos idos de 2008 (até parece que é tanto tempo assim rs!), venho me fazendo estas perguntas. E já andei filosofando sobre isso por aqui também quando criamos nosso ebook “Quero transformar minha paixão em negócio, e agora?” e nosso Curso online Empreenda Sua Paixão (Aliás, Já fez sua inscrição?). Acontece que descobri que é uma dúvida muito mais recorrente do que a gente imagina. Sempre que criamos um artigo sobre como dar os primeiros passos para empreender, ou como viver fazendo o que ama, a gente sempre ouve “mas eu nem sei o que eu amo!”. E é por isso que esse tema merece um bocado mais de atenção.

Empregos dos sonhos são mais frequentemente criados do que encontrados, sendo assim são raramente atingidos através de buscas convencionais. Sua criação exige um grande autoconhecimento.

Encontrei esta citação acima no livro Business Model You e ela resume bem o que quero dizer. Não há como criar o emprego ou negócios do sonhos, se você não saber QUEM é VOCÊ, quais são seus interesses e sua personalidade predominante. Tem amiga minha que só de ouvir a palavra “autoconhecimento” já dá aquela estremecida rs. Este é seu caso? Então topas começarmos esta investigação, já? Segundo Dick Bolles (especialista do tema) diz que a maioria das pessoas que falham ao procurar seu emprego/negócios dos sonhos não é por falta de informação sobre o mercado, mas por falta de informação sobre eles mesmos. Deu pra entender a importância né?!

Emprego

A Mandala do Empreendedor

Vamos começar com um exercício que nós fazemos em nosso curso online, chamado Mandala do Empreendedor Criativo, da Lisa Sonora. Para que serve? Identificar seus interesses e tentar encontrar a convergência entre quem você é e seu negócio (atual ou futuro). Vamos lá?

1. Faça um círculo como o exemplo abaixo:

mandala do empreendedor

2. Observe que existem 4 pares de conceitos que são complementares, são eles: Amor/Sentido, Dons/Fluidez, Valor/Rentabilidade, Competências/Ferramentas.

3. Abaixo você encontra algumas perguntas para ajudá-la a preencher a sua mandala. Você irá preenchendo cada “pedaço da pizza”, com o que vier na sua cabeça. As perguntas são apenas pontos de partidas para ajudá-la em sua reflexão. Não há resposta certa ou errada. Tente escrever aquilo que faz sentido para você.

As perguntas para ajudar na sua mandala, estão abaixo.

a. Amor / Significado: O amor revela suas paixões e Significado seus valores (o que dá sentido a sua vida/trabalho/negócio). (Ex.: Culinária, Ler, Aprender, Liberdade, Ter tempo para mim, etc)

– O que te faz mover como criativo?
– O que te faz levantar da cama todo dia?
– O que dá significado a sua vida?
– O que você faz com amor e poderia fazer pelo resto da vida com prazer?
– Qual é seu sonho?
– O que você faria se não precisasse ser pago?
– Qual é o assunto que se pudesse você ficaria horas conversando?
– O que gostava de fazer quando era criança

b. Dons/Fluidez: Dons são talentos, e fluidez são as atividades que você faz com naturalidade, conhecimentos que você adquiriu com o tempo. (Ex.: Falar em público, Dançar, Ensinar, Escrever, etc)

– O que você sabe fazer tão bem que mal te dá trabalho?
– O que é fácil e natural para você?
– O que você faz e fica por horas absorvido sem perceber?
– Quais são as coisas que você faz melhor do que ninguém?
– O que as pessoas pedem para você fazer?

c. Valor/Rentabilidade: Valores são os benefícios que sua atividade pode proporcionar ao seu público. Rentabilidade diz respeito às oportunidades de mercado. (Ajudar as pessoas a ficarem mais bonitas, Comidas mais saudáveis, Cuidados especiais para animais idosos, etc)

– Quais os problemas que meu negócio pode resolver?
– O que meu negócio pode fazer melhor que seus potenciais concorrentes?
– Como posso ajudar meus clientes com o que forneço?
– Como posso encantar meus clientes com o que faço?

d. Competências/Ferramentas: Competências são conhecimentos que você adquiriu ou habilidades que desenvolveu e Ferramentas são recursos que você aprendeu/domina (ex.: Domínio em línguas, Software de edição de imagens, Boa capacidade de comunicação, Didática, etc)

4. O último passo: Agora tome um tempo para ler com calma o que escreveu. Procure por padrões e conexões. Procure ver se sua atividade atual faz uso de alguns pontos que você colocou em sua mandala. Pense como sua nova atividade poderia potencializar o que há de melhor em cada pedaço da mandala. Há algum ponto que está sendo sub-utilizado ou deixado de lado? Que atitudes, ações ou mudanças você poderia tomar para viver sua vida profissional de maneira mais plena?

O que a sua mandala diz sobre você?

Captura de Tela 2013-09-09 às 16.36.02

Exemplo da minha mandala preenchida.

RECEBA NOSSO MATERIAL GRATUITO POR EMAIL

* campos obrigatórios
“despertar"
About The Author

Karine Drumond

Karine Drumond é co-fundadora da Negócio de Mulher. Atua ajudando outras empreendedoras a transformarem ideias criativas e habilidades em negócios diferenciados. Também acredita no empreendedorismo como ferramenta de transformação. Trabalha com Design e Negócios Digitais desde 2006 e compartilha seu conhecimento e ideias neste site.