7 dicas para quem quer abrir um negócio

Se tem uma coisa que a gente aceita é dica e conselho de quem sabe o que está falando. A fundadora da rede de hotéis Blue Tree, Chieko Aoki, deu 7 dicas para quem quer abrir seu negócio em um artigo para a seção de Economia da Uol. Mesmo que você não a conheça, essa é uma daquelas mulheres que gostamos de ter na mira. Mulher inspiradora e gestora exemplo.

Chieko é japonesa naturalizada brasileira e alguns traços da cultura oriental podem ser percebidos entre as suas dicas. Vamos lá:

1 – Estude o mercado com uma lupa

“À primeira vista, turismo parece ser negócio fácil de empreender, mas não é fácil ser competitivo e crescer com solidez”, diz. Segundo Aoki, é muito importante estar atento ao mercado e estudá-lo detalhadamente. Isso ajuda na hora de criar soluções diferentes e ter ideias para não concorrer com muitos.

2 – Ofereça uma experiência única

“O sucesso de um negócio está diretamente ligado às ações inovadoras do empreendedor”, afirma Aoki. Mas, para ela, não basta uma boa ideia e um preço atraente. “É preciso criar valor para as pessoas, para que elas comprem seu produto porque ele proporciona uma experiência única.”

3 – Seja exemplo de persistência para a equipe

Aoki diz que, no turismo, formação acadêmica e experiência contam, mas força de vontade é que leva adiante. “É preciso estar preparado para suar muito, arregaçar as mangas, ser exemplo de persistência e de força nos momentos de dificuldades, que não serão poucos.” Para isso, é essencial valorizar o maior patrimônio do negócio: “os funcionários, que vão lutar com você para a realização dos sonhos”.

4 – Conheça as regras do jogo

“É importante que a pessoa entenda sobre requisitos legais e financeiros para abrir uma empresa neste segmento”, declara Aoki. O mercado de turismo online é um exemplo. São negócios que precisam oferecer preços competitivos, clareza e rapidez na apresentação de informações. “Ao mesmo tempo, há uma série de normas que regulamentam a atividade e também asseguram maior segurança para o cliente.”

5 – Não se intimide com a concorrência

Para Aoki, o empreendedor de turismo não deve se intimidar com grandes concorrentes. “Quando fundei a Blue Tree Hotels, por exemplo, decidi que queria ser a melhor rede hoteleira em serviços, e não a maior.”A melhor forma de encontrar um nicho ideal para o seu tamanho, segundo ela, é analisar o seu campo de atuação e ter como meta satisfazer o seu cliente.

6 – Parta para a ação e siga a meta

Segundo Aoki, o maior desafio é a execução, sempre. “Podemos ter os melhores planos, a mente voa, aperfeiçoa e, junto com mais pessoas pensantes, podemos ter planos extraordinários. Porém, o desafio é a execução dos planos para os resultados que desejamos, que dependem do fator humano. Estabeleça metas e não as perca de vista.”

7 – Procure melhorar como líder sempre

“O empreendedor deve tentar ser um líder melhor todos os dias, estar atualizado e aprender a superar obstáculos”, diz Aoki. Para isso, ela recomenda exercitar os ouvidos.”É preciso saber ouvir os colaboradores e clientes e estabelecer um relacionamento de confiança mútua. Essa troca tende a render frutos bastante positivos.”

Em outro artigo na revista Exame ela ainda citou algumas outras empreendedoras que a inspiram, livros bacanas para ficamos de olho e até um filme clássico de onde algumas lições podem sair.  Nesse artigo, uma das frases dela que me chamou a atenção foi sobre aprendermos a celebrar nossas conquistas. Nós mulheres de uma maneira geral temos vergonha de assumir que estamos no caminho certo, que o resultado dos nossos desafios tem sido positivo e, principalmente, em nos colocarmos como responsáveis por alguma decisão que levou ao sucesso do nosso negócio. Por isso eu deixo essa frase para finalizar o papo.

A última coisa que eu notei foi a importância de se celebrar as conquistas. Celebrar valoriza ainda mais o feito. Lutar cansa muito e é preciso recompensar não só individualmente, mas o todo, até mesmo as pessoas que não participaram diretamente, mas influenciaram de alguma forma.  A alegria de celebrar motiva.

About The Author

Priscila Valentino

Comunicadora por formação, empreendedora por descoberta. Trabalha há 9 anos na comunicação digital. É movida pela paixão, por pesquisas e descobertas e mostra um pouco disso por aqui enquanto tenta inspirar outros a fazerem o mesmo. É co-fundadora do Negócio de Mulher.