O que tenho aprendido sobre produtividade com o mundo fitness

Minha historinha com o universo das academias é bem comum. Não me lembro a primeira vez que entrei pra academia. Comecei com as aulas de natação e jazz como a maioria das crianças dos anos 80 (com polainas coloridas e tudo o mais!). Mas desde então nunca fiquei 100% parada, sempre mexi o corpo de alguma forma: jazz, balé, dança do ventre, musculação, jump, ginástica localizada, step, spinning, bicicleta, caminhadas, tentativas de corrida, forró, salsa e zumba… nunca parei, mas também nunca levei esse comprometimento com o resultado a sério. Sempre fui a “falsa magra”.

Eis que nos últimos meses tomei a decisão de me tornar mais forte. Forte em todos os sentidos: mente e corpo. A yoga e meu estilo de vida que tenho criado pra mim têm me ajudado na parte “mente”. A força física e as mudanças no corpo, ficou resolvido que viria com a volta a musculação.

Além dessa decisão, também decidi que, dessa vez, seria diferente. Diferente como? Me dedicaria a estudar melhor esta prática (virei leitora de muitos blogs e perfis de instagram bem no estilo #força e #foco) e combinaria esse meu esforço com uma reeducação alimentar. Foi assim que me matriculei mais uma vez na musculação (que vem com o pacote das aulas aeróbicas), comprei roupas novas e comecei meu acompanhamento nutricional.

A decisão, os estudos, alimentação e a disciplina nestes 5 meses têm me mostrado resultados que eu jamais imaginei conquistar. É impressionante como as crenças erradas nos limitam (“já passei dos 30 anos e não dá pra mudar mais nada”; “você não vai mudar porque esse é seu biotipo”; “se você fizer dieta vai ficar muito magrinha” e por aí vai – não caia nessas).

Entre um levantamento de supino, as asanas e um agachamento tenho tido tempo para pensar na vida e também no meu trabalho.

E foi assim que surgiu a ideia desse artigo, que é um resumo destes meus insights fitness.

1. Disciplina é mais importante que motivação

Não importa se você acordou com bom humor, com vontade de sair da cama, ou não. Seus resultados serão visíveis quanto maior for seu comprometimento com a disciplina. E disciplina é fazer o que precisa ser feito estando você motivado ou não.

2. Energia é preciso

Para conseguir ser constante e disciplinado na academia (e também no seu trabalho) você precisa de energia. Energia é alimentação, sono e respeito ao próprio ritmo. Você não vai conseguir bons resultados trabalhando mais.

3. Se você não tem um objetivo, você terá um resultado meia boca

Na academia você precisa se decidir: perder gordura corporal, reduzir medidas ou hipertrofia. Dificilmente você conseguirá um bom resultado tentando as três coisas ao mesmo tempo. O mesmo vale na vida e nos seus projetos, se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve, certo?

4. Esforço e dedicação mais ou menos levam a resultados mais ou menos

Alimentar-se bem 5 dias na semana e continuar pisando na jaca em todos os finais de semana, não leva ao mesmo resultado caso você se decida a dizer não para o restante das coisas. Dedicação é também saber dizer não. O mesmo vale para suas tarefas e projetos.

5. Comemorar pequenas vitórias levanta a moral

Eo mais importante; aumentam sua autoconfiança e sua ambição.

6. Paciência é a alma do negócio

Paciência também é o ato de controlar a ansiedade. O tempo e a paciência dão mais resultados que o trabalho em excesso.

7. Para dar certo, você precisa amar o que faz

O trabalho é duro, o resultado é demorado, sem amor, você desiste. Na academia e no seu negócio, você precisa encontrar algo que combine com você. #forço e #foco.

RECEBA NOSSO MATERIAL GRATUITO POR EMAIL

* campos obrigatórios
“despertar"
About The Author

Karine Drumond

Karine Drumond é co-fundadora da Negócio de Mulher. Atua ajudando outras empreendedoras a transformarem ideias criativas e habilidades em negócios diferenciados. Também acredita no empreendedorismo como ferramenta de transformação. Trabalha com Design e Negócios Digitais desde 2006 e compartilha seu conhecimento e ideias neste site.