Como criar um nome para meu negócio

como criar o nome do seu negócio - stocksnap.io - Wilfred Iven

Por vezes as ideias de nome chegam antes mesmo da ideia de negócio estar clara, não é verdade? Mas como saber se posso usar esse nome? Ou se a ideia tá pronta, como criar um nome pro meu negócio?

Quando nos encontramos no primeiro meetup em Belo Horizonte, praticamente sem mulheres no lugar, 5 anos atrás e surgiram as primeiras ideias do que poderia ser a Negócio de Mulher, uma coisa que a gente já sabia é que se chamaria Negócio de Mulher.

“O nome é o componente dessa familiaridade, é ele que fica, mude o logotipo, mude o slogan, mude o conceito, mude o título. O nome sempre vai estar lá. É sobre ele que a marca deposita tudo. Que responsabilidade, heim?” – Irene Carballido no texto O nome dentro da marca

É verdade que um cenário ideal seria poder contratar um bom profissional de naming, mas como nem todas podem arcar com a contratação desse serviço, aqui vão algumas dicas para ajudar você a desenvolver sozinha essa responsabilidade.

Antes de pensar sobre o nome, pense sobre o que você imagina do seu negócio ou projeto:

  • O que é? O que você pretende oferecer?
  • Para quem? Qual é o perfil do seu público? (Se ainda não tiver pensado sobre isso, nesse outro texto tem informações sobre como escolher o perfil de leitores do seu blog, mas ajuda também a pensar sobre público em um negócio.)
  • O que tem de diferente do resto? Tem algo que você faz que é sua cara? Ou que facilita a vida do seu cliente frente às opções que já existem?
  • Por que? Qual o seu propósito com esse negócio/projeto?
  • Intensão de área de atuação: regional, nacional, mundial… Isso ajuda a pensar se precisa ser em português, outro idioma e caso queira checar, tem um site divertido para avaliar as palavras que você escolheu em outros idiomas para evitar aquelas pérolas como Fuck Fiat“. Para checar: http://wordsafety.com/

-> Se pensar sobre isso já deu um nó na sua cabeça, o nosso curso online de empreendedorismo para mulheres socorre você. ;) Vem aqui: 

Bom, isso é o começo. Podemos continuar? Na hora de pensar sobre as possíveis palavras, lembre-se de levar em conta se esse é um negócio individual que está ligado diretamente à você ou se envolve mais pessoas.

  • Pense nas palavras relacionadas com o projeto
  • Leve em conta seu estilo pessoal, experiências anteriores e o que você pode oferecer de único
  • Pense numa combinação que soe fácil de lembrar e de entender o que você oferece
  • Pesquise os nomes de outros projetos semelhantes para evitar que fique muito parecido

Como checar se alguém já usa esse nome ou um nome parecido:

  • Informalmente: Pesquise, seja uma curiosa insaciável. Cheque no Google, pequise por perfis no Instagram e fanpages no Facebook.
  • Oficialmente: Faça uma busca por marcas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, o Inpi. Esse é o único órgão que realmente pode garantir o direito de alguém usar um nome e marca no Brasil. Então, vale até um alerta, se você ainda não registrou sua marca, qualquer pessoa pode fazer isso. Faça busca pelo sistema usando a combinação escolhida de palavras, cada palavra sozinha e observe as áreas de atuação. Caso as áreas sejam muito diferentes, é permitido ter nomes semelhantes. Salve o resultado dessa pesquisa, ela pode ser um documento para você mostrar que naquela data, não havia nenhum cadastro com o mesmo nome que você escolheu.

Dicas extras:

  • Cheque projetos internacionais que tenham propostas parecidas. Se inspire.
  • Evite anglicanismo ou palavras estrangeiras no geral. Caso opte por usar, tente pensar como uma pessoa que não conhece a palavra a pronunciaria ou se ela se lembraria do termo.
  • Evite nomes muito grandes.
  • Registro.br – aproveite para verificar se o nome está disponível e como fica a leitura do nome na url. Um  exemplo: Uma empresa americana que faz canetas e chama Pen Island (Ilha da caneta). O site: http://www.penisland.net quando se uniram as palavras o que se lê normalmente é: “Pênis Land” (Terra do Pênis).

Tipos de Nomes – Categorias:

  • Nomes pessoais: nomes, apelidos de infância, trocadilhos
  • Nomes descritivos – explicação e significado do produto/serviço
  • Nomes inventados/artificiais: siglas, combinação de nomes e palavras
  • Nomes estrangeiros: uma palavra ou termo completo em outro idioma: madame, business, web,
  • Frases: é uma frase completa. “Minha mãe que fez”, “Na casa da vovó” etc

Exercício:

como criar o nome do seu negócio - imagem: Startup Stock Photos

  1. Liste 5 nomes da sua cabeça
  2. Pesquise a disponibilidade deles
  3. Elimine os que são iguais ou muito parecidos com algum outro
  4. Mostre para algumas pessoas que tem o perfil que você deseja para publico alvo do negócio
  5. Reuna as informações e reações do seu público para que você tome sua decisão

 

Passos seguintes: Desenvolver sua identidade visual e depois registrar nome e marca. Pode ser trabalhoso e é bem demorado. É possível fazer sozinha, mas não é recomendado. O ideal é contar com a ajuda de um advogado. No próprio site do Inpi tem guias de como fazer esse registro.

E aí? Ajudamos? Conta pra gente como você chegou no nome da sua empresa ou do seu projeto!

_

A hora de fazer acontecer é sempre agora. As inscrições para o Empreenda Sua Paixão estão abertas – www.empreendasuapaixao.com.br – curso online para mulheres de mente inquieta. Inscrições até dia 28/9/16 ganham kit e bônus.

“despertar"


“coaching

Cadastre e receba gratuitamente nosso eBook "Quero Transformar Paixão em Negócio" e dicas para criar um negócio e vida que você ame:

About The Author

Priscila Valentino

Comunicadora por formação, empreendedora por descoberta. Trabalha há 9 anos na comunicação digital. É movida pela paixão, por pesquisas e descobertas e mostra um pouco disso por aqui enquanto tenta inspirar outros a fazerem o mesmo. É co-fundadora do Negócio de Mulher.

  • E aqui que muitas pessoas param quando vão escolher um nome para seus negocio, Mas com essas dicas aqui abordada com certeza vai ficar mais fácil valeu mesmo por compartilhar obrigado.